Dissonâncias

“Lançando mão de princípios norteadores da grande poesia, o autor nos presenteia com uma poética das coisas simples do cotidiano, da economia das palavras, da brevidade dos versos em que dialoga com a própria fugacidade da vida, quando resvala em sua ânsia de morte.
David, com leveza e simplicidade, toca fundo e afronta a forma rígida de um mundo cada vez mais intolerante e apresenta a face de uma poesia que resiste de maneira irônica, risível, sarcástico e, por vezes, até mesmo previsível no encontro das palavras.
Sua poesia deixa claro que é preciso deitar um novo olhar sobre tudo, sobre o automatismo da vida e dos gestos. Trata-se de uma escrita que vibra e pulsa ainda que seu ímpeto seja de morte. E é dessa maneira que o autor nos convida a (en) cantar os acontecimentos mais singelos e a romper o asfalto feito-feia-flor que não se enverga aos calcanhares duros da indiferença e da farda.” – Luciano dos Santos CiriloPáginas: 86
Autor: David Rocha
Acabamento: brochura
Tamanho: 14 x 21 cm


ESGOTADO



blog twitter Facebook